SEMANA DA IGUALDADE ESTÁ A DECORRER ATÉ 30 DE NOVEMBRO

No âmbito da Semana da Igualdade, o Município põe em prática mais um programa destinado à celebração e conscientização da população sobre esta temática. A iniciativa ganhou vida a 25 de novembro, em sintonia com o Dia Internacional da Eliminação da Violência contra as Mulheres, com o lançamento da campanha da ONU “Pintar o Mundo de Laranja”, e decorre até ao dia 30 deste mês.

A semana está repleta de diversas ações de sensibilização, incluindo jogos desportivos e educativos nas escolas do município durante todo o dia 27, envolvendo os jovens na discussão da igualdade de género no desporto (Desporto +Igual). Mara Minhava, Vereadora da Ação Social e Conselheira para a Igualdade, sublinhou a importância da participação cidadã neste debate sobre as questões da igualdade e da inclusão, desafiando os jovens a fazerem parte desta mudança que conduzirá a uma sociedade mais justa, onde homens e mulheres gozem das mesmas oportunidades, rendimentos, direitos e obrigações em todas as áreas.

“As mais diversas diferenças devem ser respeitadas independentemente daquilo que são os valores de cada um. Esperamos que através destas ações realizemos esse processo de mudança para um futuro mais igualitário.” – lembrou aos jovens, Alexandre Favaios, Vice-presidente e Vereador da Educação e Ensino do Município.

No dia 28 realiza-se, no Museu da Vila Velha, a Mostra da Igualdade, promovida pelos alunos da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, além da visualização e debate de curtas-metragens do Plano Nacional do Cinema. No dia 29 de novembro decorrerá no Espaço Igualdade a ação “Partilha de Experiências – Saúde, Inclusão, (Des)igualdades e Oportunidades”, a par da abertura de uma exposição pela Associação Borboletas aos Montes.

A Semana acaba em grande com o VIII Seminário da Igualdade, durante o período da manhã. A partir das 17h00, no Bairro da Araucária, será dinamizada uma atividade no âmbito do projeto “o meu Bairro é top”, de modo a abranger a música e a literacia como formas de inclusão social.

Junte-se à Semana da Igualdade e seja parte ativa na construção de um futuro mais igualitário, para uma Vila Real mais inclusiva e acolhedora para todos.

 

UNIDADE DE MISSÃO PARA O PACTO VERDE - MINISTÉRIO DO AMBIENTE E AÇÃO CLIMÁTICA, DIA 5 DE DEZEMBRO | RÉGIA DOURO PARK

A Câmara Municipal de Vila Real e o Regia Douro Park vão receber, no próximo dia 5 dezembro, um grupo de trabalho do Ministério do Ambiente e Ação Climática, numa reunião de discussão da Unidade de Missão para o PACTO VERDE.

O Ministério do Ambiente e Ação Climática criou, através do Despacho nº 3926/203, uma Unidade de Missão (UM) dedicada à elaboração do Novo Pacto Verde - NPV. Serão realizadas entre 2023 e 2024 12 sessões presenciais e online, promovendo a participação de todos os cidadãos, do poder local, das organizações da sociedade civil, da academia e das empresas.

Adotando o formato de um plano de investimento nacional de médio-longo prazo, o Novo Pacto Verde tem como objetivo identificar os setores-chave e as soluções que permitem fazer face à emergência climática e ecológica, assegurando, nomeadamente, a existência de infraestruturas adequadas para os desafios atuais e futuros, a solidez da qualificação e da formação da população e a criação de empregos verdes e estáveis, a coesão territorial e a valorização do capital natural.

Para a elaboração deste documento foi constituída uma Unidade de Missão (UM) composta por peritos dos vários Ministérios, que tem por objetivo apresentar uma proposta de plano de investimento ecologicamente responsável a médio-longo prazo ao membro do Governo responsável pela área do ambiente e da ação climática.

A UM está a utilizar uma nova metodologia baseada na criação de Missões de inovação (à semelhança do Programa Horizon Europe da União Europeia) para definir as áreas mais importantes a desenvolver neste Plano.

As 6 Missões definidas são:

•Conservação da Natureza e Biodiversidade

•Educação e Cidadania

•Recursos Hídricos

• Mobilidade

•Transição Energética

•Segurança e Adaptação Climática.

A realização da sessão territorial em Vila Real vai decorrer no Regia Douro Park, no dia 5 de dezembro, das 9:00h às 18:00h.

Contribua para a definição das prioridades de investimento público ambiental para os próximos anos.

Inscreva-se aqui: www.novopactoverde.pt.

DIA INTERNACIONAL DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

A Câmara Municipal de Vila Real irá assinalar o Dia Internacional da Violência contra as Mulheres, que se celebra a 25 de novembro, associando-se à campanha da ONU Mulheres, designada "Pintar o Mundo de Laranja" (Orange the world, em inglês). Neste enquadramento, o edifício da autarquia será iluminado de cor de laranja, uma cor associada não só à cautela e à atenção, mas também à energia e à vitalidade.

Se, por um lado, é imperativo prestar atenção às manifestações, mais ou menos evidentes, de violência, também é necessário envidar esforços enérgicos e concertados para debelar aquele que é um fenómeno atentatório contra a dignidade humana. “A violência contra as mulheres é um crime público que a todos deve preocupar; é uma grave violação dos direitos humanos e uma forma de discriminação que não pode deixar ninguém indiferente”, sublinhou Mara Minhava, Vereadora da Ação Social e Saúde e Conselheira para a Igualdade.

O Dia Internacional da Violência contra as Mulheres é uma iniciativa de âmbito global, cujo objetivo é conscientizar sobre a violência de género, bem como promover ações para preveni-la e eliminá-la. A escolha da data remete ao brutal assassinato das irmãs Mirabel, ativistas políticas da República Dominicana. O crime, ocorrido a 25 de novembro de 1960, por ordens do ditador Rafael Trujillo representa um atentado à dignidade humana. Por esse motivo, as Nações Unidas elegeram essa data para lembrar as vítimas da violência de género e incentivar esforços para erradicar essa forma de violência.

É neste enquadramento que surgem as celebrações do Dia Internacional da Violência contra as Mulheres e que visam a consciencialização pública, a defesa dos direitos das mulheres, a mobilização contra a violência de género, o desafio dos estereótipos de género, entre outras iniciativas cujo mote é debelar qualquer forma de violência contra as mulheres.

Ficar na Escola é Fixe

O Município de Vila Real irá implementar nos períodos de interrupção letiva do Natal e da Páscoa o Projeto "Ficar na Escola é Fixe", iniciativa direcionada para crianças e alunos (do JI e EB1) cujos pais/encarregados de educação não possuem retaguarda familiar.

Os períodos de realização deste projeto, no ano letivo 2023/2024, terão lugar na primeira semana de pausa no Natal, de 18 a 22 de dezembro, e na primeira semana de pausa na Páscoa, de 25 a 28 de março.

Este projeto destina-se a crianças do pré-escolar e alunos do 1º ciclo do ensino básico da rede pública do concelho de Vila Real, independentemente de beneficiarem ou não de algum tipo de escalão de abono ou de estarem a frequentar os serviços de apoio à família.

As inscrições deverão ser efetuadas através de formulário on-line no site da Câmara Municipal, entre os dias 27 e 30 de novembro, para o período de Natal, e entre os dias 4 a 8 de março, para o período da Páscoa.

As atividades irão funcionar em dois polos, por agrupamento de escolas. Para a interrupção do Natal estão disponíveis as escolas EB1 da Araucária, EB1 do Douro, EB1 de Lordelo e EB1 do Bairro S. Vicente de Paula. Para a interrupção da Páscoa, a EB1 da Araucária, Eb1 do Abade de Mouçós, EB1 das Árvores e EB1 da Timpeira. O projeto apenas se realizará com o número mínimo de 10 inscrições por polo e com um número máximo de 50 inscritos por polo.

O encarregado de educação deverá indicar no formulário de inscrição o polo pretendido, caso já não haja vaga poderá optar por outro onde ainda haja disponibilidade. Serão desenvolvidas atividades de expressão plástica, atividade física e desportiva, experiências (Centro de Ciência) e Escola Fixa de Trânsito. As crianças serão acompanhadas por técnicos que desenvolverão as atividades, assim como, por assistentes operacionais.

Estão assegurados os serviços de acolhimento, a partir das 7:45h, o serviço de almoço e o serviço de prolongamento de horário, até às 19h00, caso o encarregado de educação assim o manifeste no formulário. A deslocação estará a cargo dos respetivos encarregados de educação.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

ROADSHOW DO PROGRAMA ERASMUS+ PASSOU POR VILA REAL

Vila Real foi a cidade do distrito escolhida em 2023 para acolher o roadshow do Programa Erasmus+, que decorreu nos Claustros do edifício do antigo Governo Civil, no dia 21 de novembro, uma iniciativa promovida pela Agência Nacional Erasmus+ e Corpo Europeu de Solidariedade em parceria com a Câmara Municipal.

Ao longo do dia, os jovens que frequentam o 3º ciclo e secundário do ensino público das escolas Diogo Cão, São Pedro, Morgado Mateus e Camilo Castelo Branco, puderam explorar as oportunidades e valores inerentes ao Erasmus+ Juventude e Desporto, Corpo Europeu de Solidariedade, Rede Eurodesk e ao Ano Europeu das Competências, nas diversas sessões realizadas.

O Vice-presidente e Vereador da Educação, Desporto e Juventude, Alexandre Favaios, marcou presença neste evento, onde sublinhou a importância do Erasmus+, referindo que este programa “é mais do que um evento educativo, assumindo-se como uma montra de possibilidades para os jovens de Vila Real, refletindo o compromisso com o futuro dos jovens e a construção de uma sociedade mais inclusiva e consciente em relação às oportunidades europeias”.

Contactos
   259308100

  geral@cm-vilareal.pt

   Avenida Carvalho Araújo
     5000-657 Vila Real
Aplicação do Município
A nossa aplicação está disponível para IOS e ANDROID
Informações

Publish the Menu module to "offcanvas" position. Here you can publish other modules as well.
Learn More.