Comemoração do Dia Mundial do Ambiente em Vila Real

11 junho 2021, 11:22 am
Publicado em Notícias
Ler 222 vezes

dia ambiente Enquadrado na Semana do Ambiente, realizou-se, no Teatro Municipal, o Seminário “Economia Circular nas Escolas”, onde estiveram representados os Agrupamentos de Escolas Diogo Cão e Morgado Mateus, as Escolas Camilo Castelo Branco e São Pedro e a Escola Profissional da Nervir.

Ao longo do corrente ano letivo, o Município de Vila Real, em articulação com os estabelecimentos de educação e ensino, criou as condições necessárias para que o tema da Economia Circular fosse trabalhado nas escolas. O dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, foi o momento escolhido para a realização de um seminário sobre esta temática, onde as escolas tiveram a oportunidade de partilhar o trabalho realizado em matéria de boas práticas ambientais e sugerir novas medidas a implementar em contexto escolar. O intuito final desta iniciativa passa pela construção de um Manual Escolar de Boas Práticas, estimulando o aumento da aplicação dos princípios da Economia Circular.

No final das apresentações, subiram ao palco todas as representantes das escolas que tiveram oportunidade de responder e dar o seu ponto de vista às questões levantadas pela Vereadora do Pelouro do Ambiente, Mafalda Vaz de Carvalho. Foi destacada a importância da construção do Manual Escolar da Economia Circular como forma de perpetuar no tempo esta investida com vista à implementação de boas práticas ambientais e à constante renovação e aquisição de novos comportamentos rumando à sustentabilidade.

Coube ao operador do Programa o encerramento do seminário, com o testemunho, em vídeo, da Secretária Geral da Secretaria Geral do Ambiente e Ação Climática Alexandra Carvalho, onde salientou a importância destas iniciativas para a temática da Economia Circular, procurando salvaguardar-se os comportamentos e consumo mais responsáveis.

O projeto Para cá do Marão Embalagens Não! é constituído por cinco ações, baseado na política dos 5 R´s no que concerne ao consumo, levando o consumidor a repensar, reduzir, reutilizar, reciclar e recusar e, simultaneamente, a promover a Economia Circular no setor das embalagens de plástico e lata.

O Projeto é financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, através dos EEA Grants e pela Secretaria Geral do Ambiente.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários