EXPOSIÇÕES DO FIIN’19

25 novembro 2019, 3:04 pm
Publicado em Notícias
Ler 192 vezes

expoFIIN 1 expoFIIN 2 A compilação de todo o trabalho artístico desenvolvido ao longo de 2019, no âmbito do Festival Internacional de Imagem de Natureza – FIIN, foi convertida em três exposições, patentes no Teatro de Vila Real, até 30 de dezembro deste ano.

Na Galeria estão patentes algumas das 412 imagens distribuídas pelas quatro categorias do Concurso de Fotografia: Aves, Outra Fauna, Flora e Fungos e Paisagens e Habitats Naturais. Participaram neste concurso 73 concorrentes de 9 nacionalidades. O espaço expositivo do Café Galeria está dedicado aos Novos Talentos, onde foram compilados trabalhos das duas edições do curso juvenil de fotografia, ministradas pelos técnicos do Serviço de Ambiente e, ainda, pelos trabalhos efetuados ao longo do workshop de desenho, sobre a técnica de Scratchboard Preto, ministrado pela ilustradora Maria Ferreira. A seleção das 158 obras recebidas no Concurso de Desenho da Biodiversidade, distribuídas pelas categorias de desenho de natureza e de desenho científico, está patente no átrio do piso 1. Neste concurso participaram 122 concorrentes de 27 nacionalidades.

Foram muitos os curiosos que compareceram no Teatro de Vila Real, no final da tarde do dia 11 de novembro, para assistirem à abertura destas exposições. Delas resultou o Catálogo das Exposições do Festival Internacional de Imagem de Natureza 2019. A Vereadora do Pelouro do Ambiente, Mafalda Vaz de Carvalho, no seu discurso, destacou o esforço do Município de Vila Real na sensibilização da sociedade para a importância da conservação e preservação do património natural, destacando o FIIN como um meio para esse fim. Uma aposta do Município que é para manter independentemente da existência de financiamento comunitário.

Recorde-se que a presente edição do FIIN foi, por diversas razões, mais desafiante e, por isso mesmo, mais entusiasmante para o Município, uma vez que, se por um lado, foi a primeira a realizar-se sem qualquer apoio comunitário, por outro lado, várias entidades se quiseram associar a este Festival, nomeadamente a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, a EDP Comercial, a MCOUTINHO, a Associação Douro Histórico, a revista National Geographic Portugal, o jornal Notícias de Vila Real, a Universidade FM e o jornal Viva Douro, contribuindo para que este Festival se projete ainda mais como um ícone nesta temática a nível nacional e internacional.

Quem ainda não teve oportunidade de visitar as exposições poderá fazê-lo até ao dia 30 de dezembro.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários