ORÇAMENTO E GRANDES OPÇÕES DO PLANO DE 45 MILHÕES EM VILA REAL, ASSENTES NA REABILITAÇÃO URBANA E NO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

2 novembro 2018, 12:27 pm
Publicado em Notícias
Ler 88 vezes

gops capa O Executivo Municipal mantém a estratégia que tem vindo a implementar nos últimos cinco anos e que tem transformado positivamente o concelho. Uma estratégia amplamente sufragada pelos Vila-realenses e que potenciou, entre outras conquistas, uma diminuição de 30% de desempregados inscritos no centro de emprego de Vila Real.

A qualificação e regeneração do espaço urbano e a inovação em termos de mobilidade urbana marcam, de forma indelével, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2019, representadas por um conjunto de intervenções que concretizam progressivamente uma estratégia de revitalização urbana e ambiental, aprofundando os processos de transformação estética e funcional do núcleo urbano e dos espaços públicos. Também o espaço rural continuará a ser alvo de fortes investimentos, quer ao nível das pavimentações e dos acessos rodoviários, quer ao nível do alargamento da cobertura de saneamento básico.
Para além destas intervenções, destacam-se a construção do novo Centro de Proteção Civil no aeródromo de Vila Real, o novo pavilhão de acolhimento empresarial, a adaptação do edifício para instalação da Loja do Cidadão, ou o arranque do projeto das Piscinas Municipais.
Quanto à proposta concreta de Orçamento para 2019, esta apresenta um montante global de 45 milhões de euros, ou seja, um aumento significativo do valor do orçamento em relação ao orçamento inicial de 2018. A subida do valor do orçamento deve-se essencialmente às despesas e receitas de capital, que representam investimento no concelho. Do lado da despesa a subida é de 5.400.000€ e do lado da receita a subida é de 5.866.000€, relativamente ao ano anterior. Esta acentuada subida é decorrente do sucesso da aprovação de candidaturas a fundos comunitários, que significarão a criação de obra física e infraestruturas em prol de Vila Real e dos Vila-realenses.
Mas o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2019 refletem uma intervenção mais vasta, não só em termos de investimento, mas também ao nível de um conjunto de atividades no quadro das políticas de natureza social e económica. O apoio à educação, às famílias e ao associativismo desportivo, cultural e social é incrementado, assegurando as parcerias que o Município tem vindo a gerar com a sociedade.
Cinco anos depois do início da aplicação desta estratégia, existe uma nova realidade em Vila Real. Um conjunto de novas expressões entraram no léxico dos Vila-realenses, como Decathlon, Aldi, JOM, Call Centre da Altice, Critical Software, Hospital da Luz ou Hospital da Trofa, apenas para dar alguns exemplos. No IEFP há menos 30% de desempregados inscritos, tendo o número baixado de 3.869 em outubro de 2013, para 2.692, no mesmo mês de 2018. Ao mesmo tempo, mantém-se o rigor orçamental e o cumprimento escrupuloso dos compromissos assumidos, tendo já sido abatidos cerca de 10 milhões de euros de dívida assumida pelo Executivo Municipal anterior, tendo sido baixado o prazo de pagamento a fornecedores para 2 dias e acabando com a prática da existência de dívidas a esses mesmos fornecedores.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários